Capixaba vence o primeiro lugar no Prêmio CNA de Cafés Especiais Torrados
Data de publicação: 24/05/2024

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) divulgou ontem (23), o resultado do Prêmio Artesanal de Cafés Especiais Torrados. O vencedor da categoria arábica é capixaba!


O Café Família Protázio, do produtor Manoel Protazio de Abreu, ficou com o lugar mais alto do pódio. Os cafés da marca são produzidos em Dores do Rio Preto, na região do Caparaó capixaba. Segundo o produtor, o segredo do café especial é “a dedicação e o amor” pelo o que faz.


“É uma honra muito grande receber esse prêmio. O segredo é a união da família porque meus filhos trabalham incansavelmente para fazer um bom café. Tenho certeza que o Selo Ouro será mais um incentivo para nós continuarmos produzindo”, ressalta Protazio.


O segundo colocado também é do Espírito Santo. Thiago Dias Douro, ficou com o segundo lugar com o Douro Cafés Especiais, com produção em Marechal Floriano, na região serrana do Espírito Santo. De acordo com Thiago, é essencial muita atenção durante todo o processo, para ter um bom resultado final. 


“Quando se fala de café especial, para ter um bom resultado final na xícara, temos que ter uma matéria prima de muita qualidade, que é fruto de um trabalho minucioso na lavoura, colheita, pós-colheita. Esses fatores são intensificados durante a torra quando bem executada”, afirma.


Entre os cinco selecionados na categoria arábica, o ES aparece também com o Café do Príncipe, do produtor Emílio Messias Horst de Iúna, que ficou em 5º lugar. No total, 232 cafés especiais foram inscritos na premiação, na qual 10 foram selecionados entre os melhores: cinco do tipo arábica e 5 do tipo conilon.


O presidente da Federação da Agricultura do Espírito Santo (Faes) e vice-presidente da CNA, Júlio da Silva, fala da importância dos cafés especiais e revela sua torcida para que os cafés premiados ganhem destaque. “Esperamos que o concurso traga visibilidade e reconhecimento ao trabalho que realizam, que novas oportunidades se abram e que o valor agregado à produção continue a transformar vidas”, ressalta.


Confira a lista de ganhadores aqui: https://cnabrasil.org.br/eventos/premio-cna-brasil-artesanal-2024-cafes-especiais-torrados


Coffee Of The Year


No último ano, o Espírito Santo dominou a lista de vencedores do Coffee of The Year. A premiação aconteceu durante a Semana Internacional do Café (SIC) e o primeiro colocado na categoria Conilon no Café do Ano foi o produtor Wagner Gomes Lopes, de Alto Rio Novo. Wagner é atendido pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar-ES, programa que atua nas propriedades rurais com intuito de capacitar e fazer com que a empresa rural obtenha lucro.


O superintendente adjunto do Senar-ES, Fabrício Gobbo, se alegra com as conquistas do estado quando se trata de café. “Os números conquistados pela cafeicultura no Espírito Santo são impressionantes. E isso tudo se dá graças aos produtores rurais”, elogia.


O resultado final do Prêmio Artesanal de Cafés Especiais Torrados aconteceu na sede da CNA, em Brasília, um dia antes do Dia Nacional do Café, acrescentando assim, mais um motivo para comemorar.


Fonte: Assessoria de Comunicação Faes / Senar-ES
Por Carolina Vieira

Compartilhe nas Mídias Sociais